TV Escola - Assista ao vivo!

Aluno Integrado

ProInfo Integrado

Mídias na Educação

Cidade onde está localizado o NTE Jerônimo Rosado

quarta-feira, 21 de novembro de 2007










Principais atrações de Mossoró

Museu Lauro da Escóssia: Também conhecido como Museu do Cangaço, por abrigar a sede da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço (SBEC), além de todo um acervo relativo aos movimentos do cangaço na região. Criado em 1948 e desde 1992 instalado no Centro Histórico Cultural Manoel Hemetério, prédio da antiga cadeia pública, possui preciosidades da cultura regional, com acervo distribuído em galerias e seções. A seção de arqueologia indígena é a maior do Rio Grande do Norte. Sua importância é reconhecida, nacionalmente, em registro na Universidade Federal de Pernambuco. São também destaques peças de peixes fossilizados. Visitação: De segunda a sábado, das 07:00 às 17:00h. Aos domingos e feriados, das 08:00 às 11:00 h.
Estação das Artes: Antiga estação ferroviária, foi reformada para oferecer à cidade um centro de preservação da cultura local. No largo da estação são realizados os maiores eventos da cidade, tais como: Auto da Liberdade, Mossoró Cidade Junina, Motocity, Ficro e Carnativa.
Museu do Petróleo: No Museu do Petróleo, além de conhecer mais sobre a Petrobrás, o visitante encontrará maquetes, fotos, filmes e equipamentos que mostram a história do petróleo no Rio Grande do Norte. Localizado na Estação das Artes Elizeu Ventania, antiga estação de trens, recuperada pela parceria Prefeitura de Mossoró / Petrobrás.
Igreja São Vicente: Igreja que serviu de trincheira no confronto com o bando de Lampião. Nela ainda podem ser encontradas as marcas de balas da memorável batalha.
Catedral de Santa Luzia: Templo maior da religiosidade mossoroense, a catedral homenageia a padroeira dos olhos e reúne diariamente fiéis de toda a região.
Palácio da Resistência: Antiga residência do Prefeito Rodolfo Fernandes, líder da resistência ao bando de Lampião, serviu de trincheira contra o ataque do famoso cangaceiro. Tombada por Lei Municipal, hoje abriga o gabinete do Chefe do Executivo Mossoroense.
Mercado do Bode: Local onde se encontram comerciantes e compradores do segmento da ovino-caprinocultura, mantendo a tradição do povo nordestino.
Central de Abastecimento: O antigo deu lugar ao novo, mas manteve a sua tradição. O velho Mercado Central ganhou roupa, nova proporcionando a manutenção de um antigo costume nordestino de comercializar de tudo um pouco. Com uma moderna e arrojada estrutura, a Central de Abastecimento serve de modelo para todo o país.
Mercado Central: Artesanato, confecções, comidas típicas, jogos do bicho, plantas medicinais, fogos juninos, chapéus de palha e uma infinidade de objetos são comercializados no Mercado Central, mantendo acesa mais uma tradição nordestina.
Rio Mossoró: Em pleno coração da cidade, o Rio Mossoró se mantém vivo e é um dos principais cartões postais do município.
Ponte Ferroviária: Outrora um símbolo do desenvolvimento econômico da cidade, com a desativação da malha ferroviária a lembrança maior que fica da ponte é por ali ter sido um local de confronto com o bando do cangaceiro Lampião.
Praças: Por estar passando por um processo de embelezamento, as principais praças da área central da cidade oferecem conforto e comodidade, e pela beleza de suas arquiteturas é impossível não visitá-las e usufruir da brisa do entardecer que a cidade oferece.
Museu Zoobotânico/ Fitoterápico: Nas dependências da Escola Superior de Agricultura – ESAM, entidade oficial que estuda o semi-árido do Nordeste, encontra-se um verdadeiro laboratório com animais vivos e empalhados representando a fauna e a flora do sertão nordestino.
Cemitério São Sebastião: Embora bastante visitado durante o Dia de Finados, o principal cemitério da cidade recebe diariamente cada vez mais pessoas à procura do túmulo do famigerado cangaceiro “Jararaca”, braço direito de Lampião ferido em combate no ataque mal sucedido do bando à cidade de Mossoró em 1927. A este há quem diga ter sido enterrado vivo, motivo pelo qual se atribui ao falecido cangaceiro vários milagres.
Hotel Thermas (Piscinas Termais): Localizadas no Hotel Thermas Spa & Resort, considerado pela revista Viagem e Turismo Busines$ como um dos 100 melhores do país. As águas do Thermas, originadas de um lençol muito profundo (1.000 metros) e aquecidas por rochas derretidas no centro da terra, chegam à superfície a uma temperatura de 58ºC, despertando o interesse não só de turistas, mas também de estudiosos de diversas partes do mundo. Aproveite para relaxar e divertir-se no parque aquático Planeta Água e para pernoitar neste aconchegante hotel.




1 comentários:

Anônimo disse...

Embora o Museu se encontre no RN,gostaria de saber notícias sobre a história de um tal Belchior que aterrorizou a população de Iguatú-CE nos anos 40,se voces detém alguma pesquisa.
Obrigado.
Parabéns pela iniciativa da preservação da memória,mesmo sendo um relato cruel à lembrança de alguns.

9 de outubro de 2008 13:41